O que é o Stress?

 

O "STRESS" é o resultado de uma reação que o nosso organismo tem quando estimulado por fatores externos desfavoráveis. A primeira coisa que acontece com o nosso organismo nestas circunstâncias é uma descarga de adrenalina no nosso organismo, e os órgãos que mais sentem são o aparelho circulatório e o respiratório.

No aparelho circulatório a adrenalina promove a aceleração dos batimentos cardíacos (taquicardia) e uma diminuição do tamanho dos vasos sangüíneos periféricos. Assim, o sangue circula mais rapidamente para uma melhor oxigenação, principalmente, dos músculos e do cérebro já que ficou pouco sangue na periferia, o que também diminui sangramentos em caso de ferimentos superficiais.

No aparelho respiratório, a adrenalina promove a dilatação dos brônquios(broncodilatação) e induz o aumento dos movimentos respiratórios(taquipnéia) para que haja maior captação de oxigênio, que vai ser mais rapidamente transportado pelo sistema circulatório, também devidamente preparado pela adrenalina.

O stress comumente ataca o sono. Uma noite mal dormida é a certeza de um dia bem mais angustiante do que poderia ser. Isso sem falar no cansaço subsequente.

A queda de cabelos excessiva é um bom índice de stress também. Algumas pessoas ainda manifestam caspa e seborréia.

Erupções cutâneas sem causa aparente é mais comum em jovens e adolescentes.

A psoríase é uma patologia comumente associada ao stress e costuma regredir sozinha quando o stress é controlado.

Os chamados "tics" nervosos e os bastante comuns T.O.C.s (transtorno obsessivo compulsivo) são elementos integralmente associados ao stress em sua manifestação mais alta. Quando ocorrem, a mente do paciente já se encontra em um estágio de recuperação bem mais cuidadosa.

Quando o perigo passa, o nosso organismo pára com a super produção de adrenalina e tudo volta ao normal. No mundo de hoje as situações não são tão simples assim e o perigo e a agressão estão sempre nos rodeando. Por isso a reação do organismo frente ao stress é de taquicardia, palidez, sudorese e respiração ofegante. Pode haver também um descontrole da pressão arterial e provocar um aumento da pressão à níveis bem altos, mas não significa que a pessoa seja hipertensa.

 

Medidas para combater o "Stress"
 

 

O combate ao stress não é fácil, mas existem algumas medidas que aliviam e podem ajudar muito. Quaisquer que sejam as medidas indicadas, o reconhecimento do problema é o primeiro passo para a cura. A partir de então programe o que fazer, o importante é tentar e mudar.
 

 

A Acupuntura e o Stress


A acupuntura é velha conhecida nos tratamentos anti stress.
A técnica das agulhas distribui melhor o fluxo sanguíneo, relaxa a musculatura, acalma a mente e nutre componentes vitais que acabam por quebrar o ciclo vicioso do stress.

O tratamento com acupuntura nesses casos requer um acompanhamento mais prolongado.
Pacientes com história de stress costumam ser rebeldes inclusive aos tratamentos propostos.

Um consultório com um ambiente bastante relaxante se faz necessário nessas terapias. O excesso de luzes, musica alta, cheiros fortes e macas ou assentos inadequados não favorecem em nada à terapia.
É importante salientar que o paciente com stress busca auxílio na acupuntura muitas vezes sem dar crédito à sua eficiência, e isso é mais um fator prejudicial.

Uma sessão de 10 minutos de shiatsu (massagem oriental) ao término da acupuntura é uma boa pedida para acabar de relaxar um corpo que, com certeza, está todo contraturado.